domingo, dezembro 14, 2008

O meu Amor!

Tenho um amor que não me fala,
Que não me ouve,
Que não me escuta,
Que não me ama!

Tenho um amor que pede sem me amar,
Que pede sem me ouvir,
Que pede sem querer saber
Que o meu amor é bem Maior!

Tenho um amor que passou,
Mas que continua a doer,
Porque não me fala,
Não me procura,
Não me escuta,
E não me ama!

6 Comments:

At 5:26 da tarde, Blogger PreDatado said...

"m'espanto às vezes, outras m'avergonho", como diria Sá de Miranda. E se neste blog nada há que m'avergonhe já em relação ao espanto não posso dizer o mesmo, pois há sempre ou quase sempre belíssimas novidades. Esta da Rita Inácio também escrever poesia foi para mim uma maravilhosa surpresa.

 
At 10:15 da tarde, Blogger Rita Inácio said...

Não escrevo poesia, deixo que as palavras sussurrem a minha alma!

 
At 12:53 da manhã, Anonymous sergio said...

Vc está cada vez melhor, Rita: Lisboa faz bem aos poetas?

 
At 9:58 da tarde, Blogger Rita Inácio said...

Lisboa faz mal aos corações de quem ama...

Já tinha saudades! ;)

 
At 7:13 da tarde, Anonymous sergio said...

Passo por tempos tempestuosos: amanhã sigo para Tokyo e fico 35 dias no Japão. Que o Grande Buda de Kamakura me proteja... e que os pensamentos dos amigos me acompanhem.

 
At 11:42 da manhã, Blogger Rita Inácio said...

Certamente que acompanhará! Desfrute!

 

Enviar um comentário

<< Home