quinta-feira, janeiro 03, 2008

Lei do Tabaco

Hoje, numa estação da CP, uma menina muito jovem sentou-se no mesmo banco que Eu.
Estávamos ao ar livre...
Disse-me: "Olhe, desculpe lá!"
E eu pensei, deve querer saber as horas ou a que horas passa o próximo comboio, mas enganei-me!
Daquele menina saiu a simples frase:
"Importa-se que eu fume!"
Fiquei tão atarantada que lhe retribui com um como?
Educadamente ele retorquiu:
"O fumo incomoda-a?"
Fiquei boquiaberta... e disse:
"Fume à vontade!"

Ok!
Eu sou não fumadora! E o fumo incomoda-me! Incomoda-me muito, mas quando estou a comer, ou quando levo com ele em cima e o respiro, ou quando vou num elevador e um Sr. Embirrante insiste em fumar o se cigarrito, ou quando estou num espaço em que não há oxigénio! Mas não é preciso tanto!

5 Comments:

At 7:04 da tarde, Blogger Rui Coelho said...

Pois se fosse eu ainda iria averiguar de que lado estava o vento.

Mesmo em locais arejados, não há nada pior do que ir atrás de uma pessoa que esteja a fumar numa escada rolante.

 
At 2:17 da tarde, Blogger Rita Inácio said...

Nem tanto ao mar nem tanto à terra!

 
At 1:00 da manhã, Anonymous sergio said...

Se a intolerância à poluição dos automoveis fosse tanta quanto a dos cigarros, a industria ja teria resolvido este problema.

 
At 1:33 da manhã, Anonymous sergio said...

eu diria: o fumo não me incomoda, mas vc fumar, sim.

 
At 2:39 da tarde, Blogger Rita Inácio said...

Se a intolerância fosse a qualquer tipo de população..., Al Ghore não teria ganho o Prémio Nobel da Paz, porque o que Ele fez não seria necessário!

Eu constumo dizer: "O facto de eu ser Não - fumadora não incomóda ninguém."

 

Enviar um comentário

<< Home